“Como você pretende fazer isso?”, perguntava o meu pai, com real interesse, toda vez que eu lhe contava algum sonho. “O que você pretende fazer para realizar essa vontade?”. Essa simples frase fazia a minha cabeça girar e o cérebro ia a mil por hora criando inúmeras estratégias para chegar no meu objetivo. Primeiro faria assim, depois daria esse outro passo… e assim em diante até chegar à reta final. Meu pai sempre ouvia tudo atentamente, com um sorriso no rosto. Nunca disse que algo era impossível. Nem que era fácil ou difícil… apenas ouvia e sorria.

Não sei se era proposital, mas esse simples exercício mental de criar um passo a passo para atingir uma meta me ajudou a realizar inúmeros sonhos reais na minha vida. Carro novo, apartamento, várias viagens, festa de casamento, MBA… até na minha profissão eu uso o tal do “passo a passo”.

Em educação financeira podemos chamar esse singelo “passo a passo” de “planejamento”. Planejar é o básico da vida. Não dá para contar com a sorte ou o destino para realizarmos os nossos sonhos. É preciso ir atrás. De preferência, dando todo os dias um passinho, que não precisa ser grande, mas precisa ser constante.

E como ensinar para as crianças sobre “planejamento”? Essa palavra que pode parecer tão grande para pessoas tão pequenas. Você já experimentou cozinhar com os pequenos? Ou envolve-los na organização de uma viagem da família? Todas essas atividades demandam uma organização prévia para poder dar certo. E isso é “planejamento”.

Temos o costume de querer “poupar” as crianças dessa parte, considerada por muitos como “chata e trabalhosa”. Mostramos para as crianças apenas a “parte legal”: a viagem em si ou o bolo pronto. Ou seja, chega nas mãos da criança a “coisa pronta” e ela perde a noção do processo. Depois reclamamos que a criança é ansiosa e não sabe esperar porque quer tudo pronto na mão.

Quando o seu filho ou filha vier lhe fazer um pedido, ou contar um sonho, experimenta perguntar se ele pensou em algum plano para ele mesmo conquistar aquela meta. Deixe-os criarem estratégias, manobras, terem ideias alucinantes envolvendo astronautas e piratas… enquanto isso, você sorri. Um sorriso de apoio e que empodera de verdade.